Logo_ADIN

100 mil novas lojas online – este é o número do crescimento durante os meses de pandemia (Fonte: ABComm).

Anteriormente, este número mensal era em torno de 10 mil. Um período de muitas mudanças e também oportunidades. Por exemplo, diversos setores do comércio como shopping centers precisaram adaptar a sua estratégia de vendas ao iniciarem – ou acelerarem em um curto espaço de tempo o seu processo de digitalização. Este processo envolve não apenas tecnologias nos processos das empresas, mas também a mudança de cultura. Em contrapartida, das cerca de 4,5 milhões de empresas PME e Simples, apenas 50 mil possuem loja online (Fonte: Instituto Startups).

Uma oportunidade muito interessante e que está diretamente ligada às consequências do fechamento do comércio durante a pandemia é o surgimento de marketplaces de diversos shopping centers no país. Além de desenvolver o e-commerce, as vendas online também são uma oportunidade para aproximar-se dos clientes do centro comercial, aprimorar a experiência de marca, entender melhor o comportamento e a jornada do consumidor, além de criar novos programas de fidelidade entre o público que frequenta o shopping e os lojistas.

No entanto, para obter os melhores resultados com os marketplaces é preciso também investir em tecnologias de ponta para criação do e-commerce, meios de pagamento, segurança de dados, UX, design, atendimento ao cliente e customer experience.

Nesse post, vamos compartilhar algumas dicas para obter os melhores resultados e aproveitar ao máximo todas as oportunidades que este novo formato de negócio pode oferecer.

10 dicas para um e-commerce de sucesso

Nesse post, vamos compartilhar algumas dicas para obter os melhores resultados e aproveitar ao máximo todas as oportunidades que este novo formato de negócio pode oferecer.

1 – Comece pelo planejamento

Estabelecer um plano de negócio é tão importante para uma loja física quanto uma virtual. Defina e conheça o seu público, sua localização, seus hábitos de consumo, seu comportamento e principalmente qual será o diferencial que a sua loja irá oferecer.

2 – Escolha uma plataforma

Realizar uma pesquisa e avaliação das melhores opções que atendam ao seu objetivo de negócio. Dentre as mais utilizadas está o Oracle Commerce Cloud, parte do Oracle CX Suite, que apresenta diversas funcionalidades como utilização de IA para automatizar tarefas, além de ser um SaaS (Software as a Service), o que significa que a Oracle se preocupa com as atualizações do aplicativo enquanto você se concentra na experiência do cliente e na distinção de marca.

Leia  aqui o nosso post sobre as vantagens do Oracle Commerce Cloud para o seu e-commerce!

3 – Capriche no Design

Atualmente, quando falamos em Design também falamos de UX (User Experience), uma parte essencial do sucesso do seu e-commerce e que consiste em estabelecer as melhores práticas de navegação e apresentação das informações, produtos, imagens em parceria com á área de desenvolvimento. A CP8 é uma das empresas do Grupo CAÁ e que atua com elaboração de estratégias digitais para UX e CX. Conheça mais sobre a CP8 aqui.

4 – Meios de pagamento

Para obter mais chances de conversão em vendas, disponibilize a maior quantidade possível de meios de pagamento para o consumidor. Também esteja atento para que escolha ferramentas de qualidade e que disponibilizem segurança em todo o processo.

5 – Organize a sua logística

Este processo envolve a separação dos itens, embalagem, faturamento e escolha do melhor parceiro para o despacho e entrega da mercadoria, que se bem organizados resultam em uma ótima satisfação do cliente e possibilidade de novas conversões. 

6 – Defina política de compras, trocas e devoluções

Estabeleça e comunique as políticas de privacidade, compra, trocas e devolução do seu e-commerce para que o processo de compra seja transparente e confiável. Consulte o Código de Defesa do Consumidor para oferecer condições já previstas e que tranquilizem o consumidor para comprar na sua loja.

7 – Invista em Marketing

Após desenvolver a estrutura do seu e-commerce, definir público, produtos e serviços, estratégias de UX e CX, invista em um bom planejamento de marketing para divulgar a sua loja e sua marca. Defina campanhas para divulgar produtos, promoções, programas de fidelidade e conteúdo de nutrição. É possível também utilizar ferramentas para automação de marketing integradas com IA. Quer saber mais sobre automatização de comunicação e campanhas personalizadas? Confira neste post sobre Oracle Responsys.

8 – Certificações de segurança

Possuir certificações de segurança também é uma forma de demonstrar para o consumidor mais transparência no processo de compra e garantia de que o item adquirido será recebido. Estas certificações validam o link do site, das redes sociais, central de atendimento e até número de telefone. Também vale aqui encaminhar as comunicações sobre todas as etapas do processo, como confirmação de pedido, faturamento, despacho, acompanhamento de entrega e também avaliação da compra.

9 – Explore a plataforma

Invista em tecnologias e aproveite ao máximo o seu negócio! São diversas ferramentas que aprimoram a jornada, a experiência do consumidor, a automação de marketing, a comunicação direcionada, a captura de dados e aumento da conversão.

10 – Dica ADIN: realize a captura de dados do usuário e transforme estes dados em valor. É possível implementar tags de captura de dados de forma prática para o seu time de marketing e com toda a segurança. Conheça mais sobre ClaraVista neste post.

Somos especialistas em tecnologia Oracle com certificação Cloud Excellence Implementer na América Latina! Entre em contato com a nossa equipe e saiba como você pode potencializar o seu negócio online com as melhores tecnologias.